14.10.09

Uma inconfidência: Heraldo HB vai soltar o verbo...

Coisas boas estão à caminho. Bati um papo essa semana com Heraldo HB, que além de cantor, compositor, cineasta, radialista e outras cositas más, ainda se dá ao luxo de ser engenheiro de aviõezinhos, e descobri que há um livro no prelo.
Heraldo é dono de uma pena sensível e reflexiva, sendo um dos melhores textos que eu conheço.
Ganhei de presente uma leitura prévia de alguns textos que farão parte de seu livro - Engenharia de aviõezinhos - e confesso que não fiquei nem um pouco surpreso, pois os poemas são tão belos e bem cnstruídos como tem sido a vasta produção cultural de HB.
Sendo um dos páis do Cineclube Mate com angú, um dos criadores da Rádio Kuarup e com sua impressão digital presente em praticamente todos os eventos culturais da cidade, HB é na verdade um agitador cultural em tempo integral, e seu livro certamente será festejado nas rodas de bambas.
Não quero me adiantar, pois na verdade esse post já é de certa forma uma inconfidência, ainda que não mineira, mas o "Engenharia de aviõezinhos" será um belo livro.
Não sei se esse é o título definitivo, mas se eu souber de alguma mudança neste sentido aviso à galera.
O fato é que já estou aguardando ansioso. Nunca fui engenheiro mas gosto muito de aviões, embora raramente tenha algum sucesso com eles.
Então tá combinado. Já sabemos tratar-se de poesia belíssima e de de altíssimo nível, basta à nós, portanto, mortais comuns, aguardar o lançamento. Agurademos.
Evoé Heraldo HB

2 comentários:

Max disse...

HB merece ser comentado, cantado e agora LIDO! Parabéns HB. O foco de resistência nessa Baixada tão abandonada!

provisoriedade disse...

Valeu pela inconfidência, Vicente!
E é bom saber que esse blog dá espaço pra cultura de forma verdadeira e apaixonada.
De fato, o livro tá nos finalmentes, com previsão de saída pelas meadas de novembro. O título será Engenharia de Aviãozinho ou Engenharia de Aviõezinhos, não decidi ainda pelo singular ou plural. :)

Aproveito e também faço minha inconfidência: além de ter o trabalho gráfico do incrível Thiago Venturotti, o livro tem a apresentação de Vicente Portella, fato que me enche de orgulho! Lendo o texto, passei até mal.

Dia 02 de novembro, meu aniversário, lançarei um blog sobre o livro e sobre a venda do mesmo nas ruas das nossas cidades. Mando o link por aqui depois.

Max, VALEU, CARA!!!!!!!!!!!!!!!

Abraço o todos!
heraldo hb ./