12.12.08

Um certo Marcelinho Ferreira Trio

Rolou música de altíssima qualidade na última terça-feira, 09/12, no Bistrô.

O Guitarrista Marcelo Ferreira, que já rodou alguns cantos do planeta  oferecendo arte da boa aos nativos locais, resolveu desembainhar a guitarra e, juntamente com o Baixista Marcio Andrene e o Baterista Elvis Batera, formando o Marcelinho Ferreira Trio, comandou um espetáculo raro.

O grupo, que contou ainda com canja de Rogério Fraga - Bateria,   fez o Jazz subir pelas paredes, atravessar o salão e abraçar a platéia que andava aflita por algo assim, tão gostoso de ouvir.

No repertório algumas canções chamaram a atenção de maneira contundente. Velas Içadas (Ivan Lins e Victor Martins), Vera Cruz (M. Nascimento e Márcio Borges), Casa Forte (Edu Lobo) e Incompatibilidades de Gênios (João Bosco e Aldir Blanc) ganharam arranjos singulares. O trio emprestou a cada uma delas uma sonoridade especial e completamente nova, mesmo porque a qualidade dos músicos impôs naturalmente uma real impressão de que os instrumentos eram acariciados e respondiam ao carinho imediatamente, ressonando melodias e ritmos com suavidade e elegância. 

A até então inédita Notícias da África (Marcelinho Ferreira), seguiu pelo mesmo caminho, para o regozijo geral.

O som deveria acabar por volta das 11hs, mas foi até 1h da matina devido à dificuldade apresentada por cada um dos presentes na hora de ir embora. Estava bom demais.

O Marcelinho Ferreira Trio agora vai rodar por aí, tocando, como bons artistas, segundo Milton Nascimento, onde o povo estiver. Mas a turma do Bistrô torce pra que o vôo por outras plagas seja rápido e que o retorno seja breve.

3 comentários:

ric disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
ric disse...

o Marcelo é um músico fantástico de gosto requintado, "i have a dream", um dia esse tipo de musica será "da hora" e ajudará a resgatar nossa dignidade cultural.

Barbieri

Vicente Portella disse...

Concordo plenamente...

Valeu Barbieri

Grande abraço