21.3.10

Virá

Um dia me virá
a dama
e me fará
canções
pregando ilusões
por toda minha cama

E me dará na boca
a gota
que faltava
pra compor meu copo
transbordando o mundo

Um dia me virá
a dona
que ainda ontem
pairava ofegante
sobre o quarto
mudo


E me dará na boca
o leite
da flor mais ardente
caldo seiva sumo

Um dia me virá
a ama
pra me incentivar
desejos
raros e insanos

Me dará na boca
o beijo
que sufoca o medo
de inventar mais planos

Um comentário:

Claudia Letícia disse...

Excelente!!!!!!!!