28.10.10

Ilmo Sr. Chico Buarque



Amigo Chico 
Muito te admiro 
O meu chapéu te tiro 
Muito humildemente 

Todo o meu povo 
agradece a blusa 
do PT  e recusa 
elegantemente 

Meu caro amigo 
Um voto sem motivo 
É algo explosivo 
Não me queira mal 

Se apostarmos 
Nas urnas erradas 
O Brasil se acaba 
Mergulha no caos 

Amigo velho 
Fugi do conselho 
Troquei teu vermelho 
Por um tom azul 

Mas quis o verde 
Que te quero verde 
Junto com o amarelo 
E o cruzeiro do sul 

Pintei um sol naquela tua estrela, 
não quero mais vê-la, 
Pus um branco sutil 

Virei-lhe o listrado do peito 
E nasceu desse jeito 
Uma bandeira do Brasil 



Com um abraço do seu maior admirador, Vicente Portella, que vota Serra 45

3 comentários:

Ada disse...

adorei o teu poema, e sou fã do Chico tanto ou até mais que voce mas sou 45 porque o resto, bem voce ja falou

Vicente Portella disse...

Valeu Ada...Vamos torcer para o Brasil evoluir de verdade.

Jonathan disse...

Em 30.11.07 que você escreveu sobre "Arcos da Lapa. Minha pergunta é onde estão os cinco retratos de? Eu gostaria de comprar as fotos.

Os melhores cumprimentos

Jon, Inglaterra

jon.emberey@gmail.com